Muita gente começa a praticar exercícios, mas desiste depois de algum tempo, alegando que não estavam conseguindo os resultados desejados ou que o esforço realizado “não valia a pena”.

Uma das causas disso é que ainda é grande o número de pessoas que se recusam a passar por uma avaliação física. Dessa maneira, sem possuir nenhuma ideia do patamar atingido ou se estão evoluindo ou não, elas desistem, por intuição ou achismo de que não estavam tendo um retorno.

Por isso, no post de hoje, vamos mostrar porque você deve fazer avaliação física. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é uma avaliação física?

As avaliações físicas são medições realizadas que servem para identificar em qual estágio físico o seu corpo se encontra. Elas podem avaliar questões como:

  • nível de força;
  • capacidade cardiorrespiratória;
  • percentual de gordura.

Os fatores avaliados dependem do tipo de exercício físico realizado. Na corrida, por exemplo, é importante o atleta possuir uma boa capacidade aeróbica e um baixo percentual de gordura.

Já para os levantadores de peso, o percentual de gordura não é relevante, e sim a força. Logo, os fatores avaliados e que serão usados como parâmetro para medir sua evolução dependem de qual atividade você está praticando e de quais são seus objetivos.

Qual é a importância da avaliação física?

Uma avaliação prévia bem realizada apontará quais são os seus pontos fortes e quais devem ser melhorados.

Dessa forma, todo o planejamento de treinos, alimentação e repouso pode ser pensado para que você consiga fortalecer pontos fracos, corrigir erros e melhorar ainda mais os pontos que já são fortes, otimizando ao máximo todos os aspectos do seu treinamento.

Ainda não fez sua avaliação inicial? Pois saiba que você pode ter perdido informações importantes e que, inclusive, proporcionariam uma evolução melhor e mais fácil.

Com qual frequência a avaliação física deve ser feita?

Realizar a avaliação antes de começar a praticar qualquer atividade física é quase uma obrigação. Sem esse pontapé inicial, é impossível saber quais as suas características, como está o seu corpo e qual o seu nível de aptidão para realizar a atividade escolhida.

Cada pessoa reage de uma forma a determinada carga e intensidade de exercícios. Fazendo a avaliação de forma periódica, você tem a garantia de que o treinamento planejado é documentado, podendo avaliar se está trazendo os resultados desejados.

Afinal, não é nem um pouco interessante se submeter a um plano de treinos por um ano, apenas para enfim resolver fazer uma avaliação e descobrir que ele não era o mais indicado para você, não é mesmo? Portanto, não perca mais tempo!

Quais são os benefícios da avaliação para a saúde?

Quando realizada com a periodicidade adequada, a avaliação física pode deixar você mais saudável. Sim, isso mesmo!

Ser saudável não significa apenas ter um baixo percentual de gordura, ou ser capaz de correr uma meia maratona. Significa que você consegue realizar as atividades físicas que deseja sem que isso seja uma experiência ruim.

Com as avaliações, é possível mapear algum fator que possa estar causando, por exemplo, uma dor na articulação do joelho. Assim, sua rotina de exercícios é alterada para que você atinja os objetivos sem ter que lidar constantemente com esse incômodo, ou para que você consiga descansar e chegar cheio de gás na próxima sessão.

E então, pronto para realizar sua avaliação física e otimizar seus treinos e sua saúde? Quer mais dicas como as do post de hoje? Assine a nossa newsletter e receba os melhores conteúdos diretamente na sua caixa de entrada!