Zona de conforto. Mesmo não querendo, o ser humano é empurrado para ela constantemente. Por isso, pensar em começar a correr pode não ser algo tão fácil assim, não é ? Em termos…

Muitas vezes, para sairmos dessa tal zona de conforto, temos que olhar sob uma perspectiva diferente do que habitualmente fazemos. É o tal do copo meio cheio, meio vazio. E para começar a correr, ter essa mentalidade é fundamental para o êxito.

Pensando nisso, separamos para você 6 dicas de como fazer esse objetivo se tornar realidade de uma forma natural. E o mais importante: mexendo menos com a sua rotina do que você imagina.

Começar a correr é fácil? Veja que sim

1. Não corra. Caminhe

Parece estranho, pois estamos falando de corrida, não é mesmo? Mas para que a corrida não leve você a um nível de desgaste excessivo, começar seus treinos caminhando com certeza é o melhor caminho. Dessa forma, você adaptará gradualmente seu corpo, músculo e articulações. 

 

2. Comece com poucos treinos

Uma, duas, no máximo três vezes na semana. Iniciar seus treinos de corrida com poucos dias impactará menos em sua rotina e desgaste. Essa é uma ótima estratégia pois, com o tempo, já estará treinando com uma boa regularidade sem um esforço gigantesco para encaixar em sua agenda.

 

3. Se imponha metas

“Quero ter mais qualidade de vida”, “estou buscando mais disposição” ou “quero reduzir meu stress”. Todos esses objetivos são frequentes e legítimos. Porém, um de seus maiores problemas é que são pouco tangíveis.

Quanto se impõe uma meta concreta (exemplo: perder 5 kilos), o controle e proximidade desse objetivo fica algo muito mais fácil de ser apurado. Se você treina apenas para reduzir o stress, por exemplo, no dia em que estiver mais relaxado não irá treinar, pois faz essa associação para justificar seus treinos. Por isso, metas concretas e tangíveis são tão fundamentais.

 

4. Treine pela manhã

Sabemos o quanto isso depende da rotina e horários de cada um. Mas se for possível acordar 1 hora mais cedo alguns dias da semana para treinar, faça.

Nossa rotina atualmente tem cada dia mais tarefas e se estende em muitos casos além da rotina, através do computador, videoconferências, ou mesmo a característica do seu trabalho.

Por isso, ter sua rotina de treinos concentrada a noite pode te levar a um número maior de faltas. É muito raro sabermos exatamente o quanto nossos compromissos podem se estender além do horário, ou com qual nível de cansaço terminaremos o dia. Então, para os dorminhocos de plantão: concentre seus treinos à noite.

 

5. Tenha um parceiro de treino

Já falamos aqui no blog sobre a importância e as vantagens de ter alguém treinando junto com a gente (para ver mais, clique aqui). Muitas vezes, nosso grau de comprometimento tende a ser muito maior com outra pessoa até do que com nós mesmos.

Sabemos o quanto isso depende da rotina e horários de cada um. Mas se for possível acordar 1 hora mais cedo alguns dias da semana para treinar, faça.

 

6. Contrate uma assessoria esportiva

Horários de treino, diversos locais para treinar, planilhas de treino direcionadas para você, um técnico para levar você a seu objetivo. Essas são apenas algumas das vantagens e benefícios de ter uma assessoria esportiva (veja outros clicando aqui).

Temos certeza que com essas dicas você verá que começar a correr é mais fácil do que imagina.