Com o acesso a informação ao alcance de todos, através de sites especializados, ou blogueiros que falam sobre atividade física e saúde, muitas dúvidas surgem sobre o que é verdade e mito. E uma das mais polêmicas é: a corrida envelhece a pele?

Mas antes de responder essa questão, alguns dados: Você sabe qual o câncer com maior incidência no Brasil? O câncer de pele. Vivemos num país tropical, em regiões onde os termômetros estão acima de 25° (ou até 30°) durante boa parte do ano. Ou seja, estamos expostos intensamente ao sol, e a prevenção se torna fundamental.

Infelizmente, não temos historicamente uma cultura de prevenção para esse grave problema. E com a falta de informação, é natural que questões que não tenham relação direta se confundam.

Por isso, separamos para vocês o que é mito e o que é verdade no tema corrida x envelhecimento x sol.

 

Corrida envelhece a pele – MITO

Mito. Essa visão é mais comum do que se imagina. Ver a imagem de um atleta, com uma pele mais enrugada, é a referência da maior parte da população. Esse é um dos principais motivos para o crescimento desse mito.

Porém, isso não é verdade. O motivo de uma pele mais enrugada,  vista em alguns atletas, é em função de uma maior exposição ao sol. Isso é muito comum em atividades como corrida, ciclismo, triathlon, vôlei de praia, etc.

Como atletas precisam treinar por muitas horas diariamente, com certeza isso pode impactar diretamente na qualidade de sua pele. Ou seja, é a exposição ao sol, e não a atividade, que envelhece mais a pele

 

Peles mais escuras não precisam de proteção – MITO

Mito. A pele mais morena / negra contêm uma maior quantidade de melanina, que é uma proteína que garante a coloração da pele e evita danos da radiação ultravioleta. Ela permite uma proteção natural maior, mas isso não deve de forma alguma ser a única alternativa. Protetor solar é fundamental.

 

Atividades de longa duração afetam a pele – VERDADE

Quando falamos de atividade de longa duração, apenas as extenuantes, que levam o corpo a um desgaste físico, muscular e energético muito grande, afetam a pele. Isso ocorre porque, no ciclo de respiração (inspirar e expirar), você produz radicais livres. Quando o corpo está mais inteiro, e sem um desgaste de horas, o ciclo de produzir e eliminar radicais livres fica equilibrado.

Porém, atletas como maratonistas, triatletas, ciclistas realizam atividades por horas, levando seu corpo a um desgaste extremo. Isso leva a não eliminação total dos radicais livres, que contribuem para um maior envelhecimento da pele. Nesse cenário, não só a corrida envelhece a pele, como qualquer outra atividade.

Confira mais algumas dicas para você poder correr tranquilo e manter sua pele bonita e saudável:

– Passar protetor solar adequado a sua pele;

– Evitar tomar sol em horários entre 10 e 16 horas;

– Usar camisetas com proteção UVA e UVB;

– Passar protetor também em braços e pernas;

 

Cuide-se para manter corpo, mente e pele bonita.