Você corre frequentemente e também está pensando na sua preparação para uma maratona. Já tem conhecimento das roupas, do tênis que deve usar e do tipo de treino que deve ser feito. E a dieta do corredor, como ela é?

Enquanto existem alimentos que são os seus maiores aliados e que melhoram a sua performance, outros são verdadeiros vilões que prejudicam seu rendimento na corrida.

Quer ter o melhor desempenho possível nos treinos e nos dias de competição? Então fique atento à lista abaixo que fizemos especialmente para você e passe longe desses alimentos!

1. Alimentos ricos em lactose

Eles não são exatamente prejudiciais, mas o recomendado é que sejam consumidos depois do treino. Queijos, iogurte e leite, por exemplo, são ricos em proteínas. Esses nutrientes demoram mais para serem metabolizados pelo nosso organismo e isso pode causar um certo incômodo durante a corrida.

O que você pode fazer antes e durante os treinos é tomar água de coco. Essa bebida, além de hidratar, também é rica em sais minerais e sódio, duas substâncias importantes para evitar as cãibras.

2. Alimentos ricos em fibras

Alimentos fibrosos como o mamão e a ameixa demoram mais para serem digeridos, causando incômodo. Além disso, eles não conseguem disponibilizar glicose rapidamente, que é o principal combustível das células. Você corre o risco de entrar em hipoglicemia bem no meio da corrida.

Quer comer uma fruta? Então prefira a banana! Além de não ter muitas fibras, possui uma quantidade considerável de carboidratos, que são de rápida absorção. Além do mais, a banana é rica em potássio, um mineral que ajuda na contração muscular.

3. Alimentos doces e gordurosos

Você sabe que esses alimentos não são saudáveis e são fontes de calorias vazias, certo?

Quando há uma grande disponibilidade de doce, de uma única vez, a insulina carrega toda essa glicose para dentro das células adiposas, onde é transformada em gordura. Já os alimentos gordurosos são pesados, sua digestão acontece lentamente e você fica com uma sensação de estufamento abdominal.

Evite-os e opte por alimentos que são fonte de energia e de fácil digestão como a batata, arroz, pão, torradas e macarrão. Por exemplo, uma geleia sem açúcar no pão pode matar aquela vontade de comer um doce e dar a energia que você precisa.

4. Alimentos industrializados

Você gosta daqueles molhos que jogam por cima da salada? Eles podem apresentar uma grande quantidade de calorias e, ainda por cima, possuem muitas substâncias que prejudicam as nossas células como corantes, conservantes, entre outros. Apesar de serem saborosos, são alimentos que não fornecem as vitaminas e minerais necessários para você se manter saudável.

Não é preciso comer a salada pura e crua. Você pode preparar o seu molho de forma caseira. É mais natural e é possível aproveitar as vitaminas e os sais minerais da melhor maneira. Existem milhares de receitas na internet que podem ser testadas.

Pronto! Agora você já conhece alguns alimentos que podem prejudicar o seu treino e preparação física, especialmente se está pensando em correr provas grandes como as maratonas.

Gostou das dicas? Conte para gente como é a sua dieta do corredor. Compartilhe suas dicas aqui e ajude outras pessoas que também são apaixonadas por esse esporte!