Cansaço na corrida: 5 sinais que algo está errado

O cansaço na corrida pode ser reduzido
4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Correr é literalmente suar a camisa. O esforço de pulmões, pernas e coração sempre será necessário, independente do seu nível. Mas e quando o cansaço na corrida é permanente? Provavelmente, algo está errado. Confira agora como detectar o problema. 

Exigência física. Para que seu corpo possa se transformar, ela sempre estará presente. Melhorar seu pace, ganhar flexibilidade, perder peso, ter mais força para correr… em todos esses cenários, você deverá tirar seu corpo do estado atual e levá-lo a outro nível. Portanto, ficar cansado ao correr ou realizar outra atividade é normal, correto? Errado!

Nem todo treino precisa – e deve – ser desgastante. E quando essa sensação se torna presente em toda corrida, com certeza algo deve ser feito para mudar esse cenário.

Mas quais os sinais que mostram a necessidade de mudança? Trouxemos 5 deles para você conferir agora!

1. Cansaço antes de correr

A disposição para treinar não está presente todos os dias, mesmo para quem gosta de correr. Isso é um fato. Fatores como uma noite ruim de sono, alimentação ou uma semana estressante contribuem para que o desempenho oscile. Além disso, não podemos esquecer da preguiça, que sempre atinge em algum momento o corredor, seja iniciante, ou mais experiente.

Porém, se essa falta de vontade de correr acontece em quase todo treino, chegou o momento de repensar sua rotina. Rever a parte alimentar e mudar o horário de treino podem ser ajustes que ajudarão na retomada da energia perdida.

2. Falta de técnica na corrida

Ver corredores de elite durante uma maratona, para quem deseja evoluir na técnica da corrida, é sempre algo muito bonito de se ver, bem como traz boas referências de movimentos. As passadas leves, amplas, como se estivessem flutuando, dando a impressão que correr não precisa ser algo penoso.

Quando um corredor melhora sua postura na corrida, ele reduz bastante o desgaste. Isso acontece porque mais músculos participam da ação, evitando sobrecarregar pontos específicos, algo muito comum ao correr.

Investir em técnicas de observação como a videofilmagem, Educativos e exercícios de coordenação, bem como alongamentos nas regiões mais “travadas”, irão ajudar a reduzir o cansaço na corrida.

3. Cansaço na corrida por ritmo muito forte

Por mais planejamento que exista, a corrida não é uma ciência exata. A perda de energia pode acontecer mesmo em fases onde os treinos estariam na teoria mais leves.

combata o cansaço na corrida

Mas uma condição que favorece muito esse quadro é realizar sempre treinos num ritmo mais forte. Na busca por um pace mais rápido, é enorme a quantidade de corredores que treinam no limite o tempo todo. Dessa forma, o corpo acaba ficando em estado de estresse, favorecendo o cansaço permanente.

Não é à toa que existam diversos tipos de treino, e dentre eles treinos mais leves ou regenerativos. Eles contribuem para que ocorra o processo de recuperação física e muscular, ajudando no rendimento ao longo de toda preparação, seja para uma prova de 5km ou uma maratona.

4. Correr em jejum

Prática que vem ganhando adeptos entre corredores, correr em jejum pode ser o grande vilão do cansaço na corrida.

Para que um treino de corrida possa ser eficiente, é necessário uma reserva energética. Em outras palavras, o corredor precisa ter “combustível no tanque”. Assim, ele poderá correr com muito mais intensidade. A corrida em jejum dificulta esse cenário, pois a quantidade de energia rápida para o corpo fica limitada.

Opções de rápida absorção, como sucos e frutas, além de não pesarem no corpo, ajudarão o corredor a estar mais disposto, evitando o cansaço na corrida precocemente.

5. Estabeleça uma rotina e evite o cansaço na corrida

Nosso corpo funciona muito bem com rotina. Ter horários definidos ajuda muito os nossos sistemas a entenderem quando é hora de ter mais ou menos energia disponível para treinar.

Sabemos que nem todo mundo consegue ter uma rotina regrada. Para muitos, correr sempre de manhã é a única opção. Outros correm no dia que dá. Mas a chance de um treino mas consistente, sem um cansaço excessivo na corrida, tende a acontecer a pessoas com uma rotina mais regular.

Viu como existem formas de controlar o cansaço na corrida? Se identificou com alguns itens? Compartilhe com a gente!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário