Quer correr se cansando menos? Veja os 6 principais passos 

5 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Qualquer evolução, seja na corrida ou em outros esportes, exige tempo, dedicação e uma boa dose de esforço. E durante o desenvolvimento do seu treino de corrida, é muito comum se questionar porque você não consegue correr se cansando menos. 

Nessa matéria, vamos mostrar 6 passos que não podem faltar para alcançar esse objetivo. 

Porém, sempre é importante reforçar que evoluir é sair da zona de conforto. Por isso, dificilmente você conseguirá resultados sem entregar algo a mais nos treinos. 

1. Evite altimetria variada 

Sem dúvida realizar treinos de subida para trabalhar uma melhora no seu desempenho na corrida é muito importante. Porém, correr em altimetria variada exige uma maior intensidade e atenção à parte técnica. Isso acaba desgastando mais os músculos e o corpo de uma forma geral.

Se o seu objetivo é correr se cansando menos, procure inicialmente realizar treinos de corrida em esteira ou em lugares mais planos. Além de ter um grau menor de desafio, vai preparar você de forma mais gradual para encarar as subidas. Tudo isso vai ajudar a gerar menos esforço.

2. Pratique a corrida + caminhada 

Essa dica é principalmente para os corredores iniciantes que querem se cansar menos correndo: Não deixem de caminhar. Ao começar a correr, é muito comum imaginar que se deve permanecer correndo o tempo todo e parar somente quando não aguentar mais.

O corpo precisa se adaptar passo a passo a atividade. Portanto, nada de se cansar até a corrida virar um martírio. Comece seus treinos com uma predominância de caminhada em relação à corrida (Algo como 2 a 3 vezes mais em proporção. Exemplo: 6 minutos caminhando x 2 minutos correndo).

Somente após esse período de adaptação a carga de treino, que dura em média entre 2 a 4 semanas, você deve acrescentar um tempo maior de corrida. Paciência é a chave nessa fase de treinamento.

3. Quer correr se cansando menos? Melhore a técnica na corrida 

Correr se cansando menos não é mágica: existe uma curva de adaptação para que isso ocorra. E se você já pratica a corrida de forma regular e ainda se desgasta demais em quase todo treino, a solução pode estar na técnica de sua corrida.

Não praticar uma melhora da postura na sua corrida acaba sobrecarregando além do necessário alguns músculos, e deixam de ativar outros. Com o passar do tempo, isso acaba não apenas aumentando o risco de lesões, como também limitando a capacidade de correr mais rápido.

Ter o auxílio de um treinador de corrida para corrigir os gestos inadequados, além de contar com alguém que possa filmar sua corrida, facilitando uma auto análise, com certeza é um bom caminho.

4. Fortalecimento muscular 

Os benefícios do fortalecimento muscular para retardar o desgaste físico é uma estratégia presente não apenas na corrida, mas em qualquer esporte.

Com exercícios que promovam pernas mais fortes, abdômen e lombar mais estáveis e braços com maior força, correr se cansando menos passa a ser um objetivo alcançável.

Mas atenção: É muito importante que o corredor não apenas treine, mas realize exercícios de fortalecimento específicos para corrida. Em geral, agachamentos, saltos, flexões, pranchas, dentre outros. Eles são os mais indicados, pois trabalham o corpo como um todo, algo presente na corrida.

5. Coma de forma adequada antes do treino 

Parece algo óbvio, mas muito corredor erra nesse quesito. Não dar atenção ao que você consome antes de um treino pode acelerar e muito o cansaço na corrida.

A melhor estratégia é buscar alimentos de fácil absorção, que permitam transferir de forma rápida energia para o corpo. Sucos, frutas, café. Todas são opções de rápida absorção, excelentes para consumo 30 a 40 minutos antes de começar sua corrida.

Sua corrida será acima de 60 minutos? Não deixe de consumir também carboidratos complexos, com baixo índice glicêmico. Isso ajudará seu corpo a disponibilizar energia extra depois desse tempo de atividade.

A suplementação nutricional também não pode ficar de fora e vai ajudar tanto no pré- treino como no pós-treino.

6. Entenda melhor o processo de adaptação dos treinos 

Como citado no início da matéria, dificilmente você conseguirá evoluir sem uma boa dose de cansaço físico durante e depois dos treinos.

É muito importante se conscientizar que, para adaptar seu corpo e se cansar correndo menos no futuro, os treinos devem ser desafiadores. Isso criará uma condição de evolução na sua corrida. Afinal, um corpo mais exigido é um corpo mais forte.

E você, costuma usar outras estratégias para correr se cansando menos? Gostou das dicas para lidar melhor com esse problema? Compartilhe com a gente!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário