Powered by Rock Convert

A prática do CrossFit para corredores ainda é alvo de muita polêmica. Muitos treinadores são totalmente contra. Outros, veem benefícios que só essa modalidade pode trazer. Mas afinal, qual tem razão?

Explosão, força, potência, condicionamento físico geral… quem pensa numa atividade que promova todos esses benefícios terá sem dúvida o Crossfit entre as principais sugestões. 

Atualmente apontada como uma das atividades que mais cresce no Brasil, essa modalidade ainda é alvo de discussões. “Não é muito pesado?”, “Qualquer pessoa pode fazer”, “ O Crossfit não machuca demais?”. Essas são algumas das principais perguntas que a modalidade levanta. E quando falamos de Crossfit para corredores, a questão ganha contornos ainda mais polêmicos. 

Mas afinal, é adequado sugerir o Crossfit para corredores? É a modalidade mais eficiente quando buscamos o fortalecimento para corrida

Nessa matéria, trataremos dos principais benefícios e desvantagens da modalidade para quem corre. Fique com a gente e tire as principais dúvidas sobre esse tema tão polêmico.

Benefícios do Crossfit

Inicialmente, é importante apresentar os principais resultados que a atividade proporciona. Dessa forma, fica muito mais fácil de avaliar quais capacidades físicas desenvolvidas serão melhor aproveitadas quando pensamos em Crossfit para corredores. 

O CrossFit desenvolve…

1.Aumento de força e potência muscular 

2.Ganho de mobilidade e flexibilidade

3.Alta queima calórica

4.Acelera o metabolismo

5.Aumenta o condicionamento cardio de alta intensidade 

6.Melhora a coordenação 

Fica claro o quanto esse treinamento trás inúmeros benefícios. Mas quando você tem o treinamento de corrida como foco, será que é a melhor opção?

Benefícios do Crossfit para corredores 

Força e potência

Com certeza o maior benefício para quem corre. Quanto mais potência ( força + velocidade ) o corredor desenvolve, maior a chance dele correr mais rápido. Isso porque a aterrissagem e saída do pé do solo a cada passada ficará menos exigente.

Além disso, ter mais potência significa solicitar os músculos com mais eficiência, pois o cérebro consegue recrutar os músculos de forma mais sincronizada. Isso também retarda a fadiga na corrida, favorecendo um melhor desempenho.

Mobilidade e flexibilidade

Muitas pessoas quando pensam no Crossfit logo imaginam pessoas fortes, carregando um peso enorme, com pouco ou nenhum alongamento. Não é bem assim…

Um dos principais benefícios do Crossfit para corredores é o ganho de flexibilidade e mobilidade. Isso porque nas aulas são praticados tanto movimentos ativos de mobilidade ( exemplo: um agachamento completo ) como exercícios específicos, geralmente colocados no início e final do treino.

Esse ganho, aplicado a corrida, proporciona uma menor tensão muscular e gasto de energia para gerar movimentos com maior amplitude. Um benefício é muito desejado na corrida, principalmente por quem busca correr mais rápido. 

Alta queima calórica 

Umas das principais características do Crossfit é a alta intensidade. Estamos falando de uma atividade com alto grau de exigência num curto espaço de tempo. Isso faz com que o gasto calórico seja alto em qualquer sessão de treino, contribuindo para a perda de peso. 

Outro benefício importante é a aceleração do metabolismo, pois o desenvolvimento dos músculos aumenta a demanda energética diária. 

Condicionamento cardio de alta intensidade

Como já falado, o principal pilar de trabalho do Crossfit são os estímulos de alta intensidade num curto espaço de tempo. E esse tipo de estímulo também é exigido em determinados treinos de corrida. O Crossfit trabalha pesos e tarefas de forma intensa, mas também propõe acelerações, que podem variar de 1 até 4 minutos. 

O trabalho de corrida intervalada nessas altas intensidades aumentam a capacidade anaeróbica. Isso significa ter maior condição não apenas de resistir a fadiga por mais tempo, como também acelerar a recuperação do corpo entre as acelerações. 

Desvantagens do Crossfit para corredores 

Com essa quantidade de benefícios que o Crossfit para corredores promove, fica difícil imaginar o que realmente não é positivo nessa modalidade para quem corre. 

Porém, alguns pontos do método, e principalmente a forma como o corredor pratica, pode impactar negativamente sua corrida. 

Hipertrofia muscular 

É bem comum que algumas pessoas confundam força e potência muscular com hipertrofia. As duas primeiras tem relação com maior eficiência do corpo em gerar força com alta velocidade. Algo desejável para quem busca evoluir na corrida. 

Já segunda tem a ver com o aumento do tamanho do músculo. Essa adaptação, muito notada no Crossfit, PREJUDICA o corredor. Isso porque ele fica mais pesado, o que acaba deixando sua corrida mais desgastante. Quanto mais leve o corredor, menos esforço para se deslocar. 

Competitividade x técnica  

Competir é sempre motivante. Força extra, vontade de vencer e disciplina para se preparar estão entre os principais benefícios. 

Para quem não sabe, os treinos no Crossfit são guiados pelo wod ( workout of day ). Nele, você tem um tempo estabelecido para cumprir determinada tarefa. 

Porém, na ânsia de conseguir cumprir os exercícios no tempo estabelecido, a técnica pode ser deixada de lado. E como no Crossfit a maior parte dos movimentos são globais ( ou seja, com a solicitação do  corpo todo ), e mais “explosivos”, as consequências de movimentos errados ou incompletos podem levar a uma lesão com mais facilidade. 

Padronização da aula

As aulas de Crossfit são trabalhadas dentro de uma periodização que prioriza determinadas características semanais. Você pode ter treinos voltados para força em determinados dias, e resistência muscular em outros. 

A grande desvantagem desse modelo “generalizado” é a dificuldade de combinar os estímulos do Crossfit e da corrida. Isso acaba sendo uma missão quase impossível, podendo prejudicar treinos importantes de corrida em função do cansaço ou desgaste gerado no Crossfit.

Afinal, o Crossfit é interessante para o corredor?

A resposta é SIM. O Crossfit é uma das melhores atividades para preparar o corredor. Porém, é preciso que se tome diversos cuidados, como:

-dosar intensidade muito altas, que podem ser excessivas para um corredor;

-focar na técnica, a mesma como prioridade sobre o wod. Isso irá evitar possíveis excessos;

-ajustar treinos para que não haja um desgaste tão grande nas vésperas de provas e treinos de corrida mais longos;

Caso essas orientações sejam aplicadas, com certeza o Crossfit para corredores é uma excelente alternativa, sendo mais uma atividade que pode complementar com eficiência seus treinos de corrida.

Powered by Rock Convert