Powered by Rock Convert

Para pessoas que nunca tiveram o hábito de treinar, iniciar uma atividade física é mais difícil do que se imagina. E entender como o exercício pode mudar a vida, casando emagrecimento e corrida, ou qualquer outra forma de treino, ainda mais. Abrir mão de 1 a 2 horas a mais de sono, não se identificar com o ambiente e sentir dores pós-treino são apenas algumas das dificuldades que o iniciante deve estar preparado para enfrentar. 

 

E nessa jornada, geralmente o motivo principal é emagrecer. Não é à toa. Atualmente, segundo dados do ministério do esporte, mais da metade da população está acima do peso e menos de 30% fazem atividade regularmente. 

 

Mas já que sabemos a necessidade de fazer exercício, por que é tão difícil começar e, principalmente, manter a regularidade?

 

Nessa matéria, vamos explicar por que emagrecimento e corrida fazem uma dupla perfeita quando se trata de resultados estéticos e de saúde. 

 

Emagrecimento e corrida: por que um completa o outro 

 

Um dos conselhos mais sugeridos para começa uma atividade física é “procure algo que você gosta.” O maior problema dessa orientação é que muitas pessoas não gostam de fazer exercício e só fazem por obrigação. Outros nunca se exercitaram. Por isso, não tem como saber qual atividade irá combinar mais. 

 

É nessa hora que a corrida entra. Por ser uma atividade “natural” do corpo, que não exige inicialmente grande conhecimento técnico, é muito mais fácil um início despretensioso. Dessa forma, fica muito mais fácil cumprir a tarefa de se exercitar regularmente. 

 

Veja por exemplo o tênis. É um esporte muito completo, desafiador. Mas se não souber sacar e bater corretamente na bola, a motivação cai rapidamente. Já com a corrida isso não ocorre, pois o desafio é melhorar sempre um pouco mais a cada dia, sem a necessidade de pensar muito no gesto. Pelo menos no começo. 

 

A caminhada como ponto de partida na corrida

 

Outra grande vantagem que faz emagrecimento e corrida uma dupla perfeita é o que vem antes: a caminhada

 

Isso porque a caminhada é a porta de entrada para começar a correr. Ela funciona como uma espécie de namoro antes do casamento: é um tipo de “teste” antes de um relacionamento mais duradouro. 

 

A caminhada é uma atividade que pode ser realizada de forma mais tranquila, sem a mesma exigência da corrida. Porém, através dela você começa a sentir os benefícios iniciais e também pode adquirir o hábito da prática sem o fator dificuldade. 

 

A transição para a corrida também irá exigir a participação da caminhada. Isso porque não dá para sair de 30 minutos de caminhada para 30 minutos de corrida. Essa mesclagem será necessária por um tempo. 

 

A facilidade de praticar corrida 

 

Sem dúvida esse é o ponto que mais encanta e também facilita a adesão da corrida. Está chovendo? Você pode correr na esteira. Viajou? É claro que você não precisa perder treino por isso. Basta levar seu tênis e o problema está resolvido.

A facilidade em praticar corrida ajuda muito para mais regularidade e resultados com os treinos.

 

Outra grande vantagem é que a corrida pode ser tratada como um dia de lazer, onde você pode curtir um parque e, paralelo a isso, fazer um treino leve, sem grandes pretensões. 

 

Os resultados imediatos de correr 

 

Toda atividade física produz resultados e deve ser valorizada. Mas a corrida tem uma vantagem em relação às outras: o resultado rápido em sua rotina. A partir do momento em que você começa a correr, seu corpo irá desenvolver mais disposição. E o mais bacana é que esse benefício passa a ser percebido no dia a dia, tanto para subir rápido uma escada como para dar conta dos compromissos de sua rotina.

 

E quando a dupla emagrecimento e corrida se completam, aí os benefícios aumentam ainda mais. Disposição diária, redução de problemas de postura, melhora no sono são apenas alguns dos vários benefícios.

 

Grande gasto calórico 

 

Mesmo com todas as vantagens que o seu corpo terá treinando corrida, é muito comum às pessoas permanecerem focadas em gasto calórico. Saber quantas calorias um exercício queima em média para alguns é o fator motivacional principal.

 

No caso da corrida, isso se torna uma grande vantagem na busca pelo emagrecimento. Um treino de corrida em intensidade moderada queima em média por volta de 800 até 1200 calorias. Além disso, o metabolismo permanece acelerado pós-exercício, garantindo uma queima calórica acima do habitual.

 

Com o treinamento, é normal que as pessoas também passem a mexer em sua rotina alimentar também, comendo de forma mais saudável. Porém, para aquelas pessoas que gostam de treinar para poder comer e beber um pouco mais, a corrida contribui fortemente para a manutenção do peso.

 

Viu como essa dupla emagrecimento e corrida se completam? Já obteve grandes resultados com seus treinos? Compartilhe com a gente e não deixe de acompanhar nossas matérias e redes sociais.

Powered by Rock Convert