Exercícios em casa durante o COVID 19: quais melhores opções

Confira Exercícios em casa durante o COVID 19
4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Sim. O vírus que está se propagando pelo mundo infelizmente chegou ao Brasil. Diversas medidas para detectar e combater esse grave problema estão sendo tomadas. E o confinamento é apontado por muitos especialistas como a melhor solução. Mas de forma alguma as pessoas devem parar de treinar. Fazer exercícios em casa durante o COVID 19 é essencial. Veja agora quais melhores opções.

Acredito que em dezembro de 2019, quando surgiram os primeiros casos do coronavírus na China, ninguém poderia imaginar o quanto nossas vidas mudariam em poucos meses. E para quem está seguindo as orientações do Ministério da Saúde, o confinamento virou uma rotina. Academias, parques, praças e Studios, ao menos por ora, estão fechados. E para corredores acostumados a correr ao ar livre, acaba sendo ainda pior.

Mas quais atividades físicas são possíveis fazer em casa nesse período de quarentena?

Para ajudar nessas escolhas, separamos diversas opções para exercício em casa durante o COVID 19. A quantidade de alternativas pode surpreender.

Exercícios de fortalecimento e cardiovasculares

A ideia de exercícios para fortalecimento em casa vem desde a década de 80, com a popularização de vídeos de treino na televisão ou em fitas cassete. Nessa época, Jane Fonda foi o maior ícone desse tipo de treino.

De lá para cá, muita coisa mudou. Aplicativos, videogames que respondem ao movimento corporal e video aulas ao vivo aumentaram o leque de opções para treinar em casa. Dessa forma, existem inúmeras possibilidades de exercícios apenas o peso do corpo: agachamentos, saltos, fortalecimento dos braços fazendo apoio numa cadeira, flexões, e diversas outras variações que um treinador competente pode propor.

Algumas aulas também colocam a opção de treino com materiais como elásticos, cordas, halteres e caneleira.

Além disso, na parte cardiovacular e sem o uso de acessórios é possível fazer movimentos como corrida estacionada, polichinelo, burpees… opções não faltam!

Exercícios em casa durante o COVID 19: escadas ou bancos

Quem mora em prédio pode utilizar as escadas, que são uma opção interessante para ganhar fôlego e fortalecer pernas.

Porém, nesse período de quarentena é necessário utilizar em horários onde não haja fluxo de pessoas, pois dificilmente será possível seguir o protocolo do COVID 19 de manter 1,5 metro de distanciamento de outra pessoa.

Pedalar

Nesse período de confinamento, muitas empresas e mesmo academias tem alugado bicicletas ergométricas para pessoas que pretendem pedalar em casa.

Pedalar é uma ótima opção para quem deseja manter em dia seu condicionamento cardiovascular, assim como fortalece pernas e região lombar.

Meditação

Num momento de reclusão, os níveis de ansiedade e irritação irão aumentar. É inevitável. Para atenuar esse problema, meditar é preciso. Nessa atividade, você trabalhará exercícios respiratórios e de concentração que reduzem os batimentos cardíacos e a tensão muscular.

Nossa sugestão é que procure fazer logo no início do dia a atividade. Assim, haverá menos barulho e assim você poderá começar o dia com o pé direito.

Exercícios em casa durante o COVID 19: dança

Por conta de uma rotina muito atribulada, as pessoas que gostam de dançar na maioria das vezes tem essa oportunidade quando saem à noite, como forma de lazer.

Mas a dança agora pode fazer parte do leque de opções de quem está fazendo exercícios em casa durante o COVID 19.

Além de ser uma atividade que ajuda a reduzir a tensão do confinamento, também contribui para aumentar a coordenação, reflexos e fortalecer os músculos.

Correr em casa

Esse foi um fenômeno inesperado que a quarentena trouxe. Para quem não consegue ficar sem correr, ao mesmo tempo que não pretende quebrar o confinamento, correr em casa tem sido uma saída adotada por muitos corredores.

Geralmente é criado um circuito pela casa ou apartamento que permita a menor quantidade possível de mudança de direção, até para evitar tonturas. Portanto, nossa sugestão é que evite corridas que ultrapassem até 60 minutos, e que procure mudar a direção a cada 15-20 minutos.

Viu como não faltam opções para se exercitar em casa durante a COVID 19? Sentiu falta de alguma informação ou atividade? Entre em contato com a gente!

Você também pode gostar

Deixe um comentário