“Como posso melhorar minha corrida?”. Qual corredor que deseja evoluir em seu treinamento de corrida não costuma fazer essa pergunta? Quando falamos em evolução na corrida, não se refere apenas a ganhar velocidade ou ficar longe de lesões, mas também em como aprimorar sua técnica. 

Os educativos de corrida são uma ferramenta muito poderosa nesse objetivo e trarão um salto de qualidade no seu treinamento, principalmente na postura ao correr.

O que são educativos de corrida? 

São exercícios coordenativos e posturais, que tem como objetivo simular padrões de movimentos desejáveis durante a corrida. Além disso, através dos educativos de corrida, você também consegue ativar músculos que deveriam participar do movimento e que não são estimulados por falta de consciência corporal. 

Quais os melhores educativos de corrida?

Essa é uma dúvida frequente entre corredores. A resposta é: depende da meta. Cada um dos exercícios pode ajudar a aprimorar a parte postural ou desenvolver a coordenação. Por isso, escolher os melhores educativos de corrida passa obrigatoriamente pela necessidade do corredor. Nesse processo, ter um treinador especialista, que irá identificar as necessidades de cada educativo, será muito importante. 

Para ajudar nessa escolha, separamos os principais objetivos de cada educativo de corrida. Assim, você conseguirá visualizar qual o mais indicado para você.

Skipping 

Um dos melhores educativos de corrida, pois trabalha inúmeros aspectos importantes para um corredor. Seu principal objetivo é: melhorar a coordenação braços e pernas, posicionar braços de forma mais compacta e trabalhar a entrada e saída mais rápida do pé no solo.

Para executar, deixe seu corpo ligeiramente inclinado e inicie movimentos curtos e rápidos de deslocamento, movimentando o braço para frente e para trás num ângulo de 90°graus. As pernas devem trabalhar em sincronia, elevando o joelho até a linha do quadril.

Anfersen

Exercício muito conhecido entre corredores, seu objetivo é trabalhar a inclinação do corpo à frente a partir do tornozelo. Além disso, estimula uma maior ativação da parte posterior de pernas e glúteos.

Esse movimento é muito importante para o corredor, pois muitos acreditam erroneamente que devem correr “retos”, com o corpo verticalizado. A corrida se torna muito mais eficiente quando o corpo está ligeiramente inclinado, pois favorece o impulso à frente, evitando saltos para cima durante a corrida.

Para executar, deixe seu corpo ligeiramente inclinado e inicie movimentos curtos e rápidos de deslocamento, elevando seus calcanhares em direção ao glúteo. Ao mesmo tempo, você deve posicionar seus braços na mesma posição do skipping, sincronizando braços e pernas.

Hopserlauf 

Apesar de muitos corredores e técnicos conhecerem e realizarem esse exercício, a verdade é que muitos desconhecem seu real objetivo.

O Hopserlauf tem como foco trabalhar uma maior sustentação do corpo durante a corrida. Isso evita que o corredor corra “sentado” em cima do quadril e sobrecarregue membros inferiores. Além disso, ele desenvolve maior força de explosão e impulso para as pernas, desde que executado de forma correta, realizando seus saltos em diagonal.

Execução: Realize um salto para frente, coordenando braços e pernas para que eles se projetem de forma alternada (Por exemplo, braço direito e perna esquerda). O joelho deve ser elevado ligeiramente acima do quadril e os braços devem realizar uma ação mais vigorosa, projetando-se para frente e para cima.

Hope 

Exercício de alto grau de dificuldade na execução, o Hope irá trabalhar, assim como o Skipping, a coordenação de braços e pernas de forma ainda mais desafiadora, ao mesmo tempo em que trabalha a saída de pés de solo de forma mais rápida e potente.

Para executar, deixe seu corpo ligeiramente inclinado e inicie movimentos curtos e rápidos de deslocamento, movimentando o braço para frente e para trás num ângulo de 90°graus. A maior diferença em relação ao Skipping se dá no trabalho de pernas, que será mais rápido e explosivo.

Quando o pé de uma das pernas toca o solo, a outra deve estar em movimento de impulso. Isso reduzirá muito o tempo em que ficará em contato com o chão.

Por ser um exercício mais avançado, é sugerida a orientação de um treinador especializado para execução.

Apesar do desenvolvimento de todas essas capacidades físicas através dos educativos de corrida, ainda não existe comprovação científica entre sua aplicação e a melhora na técnica da corrida. Porém, sem dúvida os educativos trarão uma maior consciência corporal e melhorarão a coordenação do corredor. Essa melhora transformará você em um corredor mais completo e ajudará nos ajustes de sua postura na corrida.

E você, gostou das dicas? Você acha esses exercícios os melhores educativos de corrida ou tem outras opções? Comente aqui e não deixe de assinar nossa newsletter para receber mais dicas de treino.