Correr é uma prática que traz inúmeros benefícios para saúde, proporcionando bem-estar para corpo e mente. Mas para que traga sempre bons resultados, é necessário estar atento a alguns fatores que podem prejudicar seu treino. E com certeza a temperatura é um deles. E nesse post vamos tratar especificamente da prática de corrida no calor, além de dicas simples que deve realizar para desempenhar ao máximo nessa situação.

O calor e o sol, juntos, podem aumentar alguns riscos para a saúde, principalmente por estarem associados a um maior estresse cardíaco. Se você corre nessas condições, nosso conteúdo abordará alguns cuidados essenciais que devem ser tomados para a corrida no calor. Fique ligado!

1. Dica prática de corrida no calor: Proteja-se do sol

Se sua opção é a corrida no calor, sob o sol forte ou moderado, o primeiro cuidado que deve tomar é em relação à pele. Nesse sentido, abuse do protetor solar. Se puder, evite o horário entre 10h e 16h, por conta da maior emissão de raios UVB.

Além do protetor, alguns acessórios também podem ajudar, como viseiras, bonés, protetor labial e óculos que contenham proteção contra os raios UVB e UVA.

Procure utilizar sempre que possível espaços com sombra, para aliviar o sol batendo constantemente durante seu treinamento de corrida. Sabemos que nem sempre isso é possível, principalmente em locais mais abertos, como uma praia ou uma montanha. Mas caso tenha chance, utilizar inclusive esse momento numa parada estratégica para hidratação pode ser uma ótima alternativa, principalmente se o cansaço for muito intenso.

O cuidado com a pele deve também ser uma preocupação permanente. Inclusive temos uma matéria que fala sobre corrida e envelhecimento da pele (para ler, CLIQUE AQUI)

2. Use roupas adequadas para a corrida no calor

Algumas roupas possuem tecido inteligente que protegem contra a radiação ultravioleta. Se você não possui, não se preocupe! Procure usar as que são feitas de tecidos leves, que facilitem a transpiração. O dry fit, por exemplo, é uma ótima opção, pois faz o suor evaporar rapidamente e diminui o calor. 

Outras opções como poliamida, ou tecido sintético, também estão cada vez ganhando mais espaço no vestuário do corredor e favorecem e muito a prática de corrida no calor.

E não esqueça: Nada de usar agasalhos pesados no calor! Durante muito tempo, houve o mito de que, usando blusas ou até sacos plásticos (acredite), você conseguiria queimar mais calorias e emagrecer mais rápido. Porém, isso é um grande erro. Ações como essa tem como consequência a desidratação, pois o corpo acaba suando muito mais (Ou seja, você perde água, e não calorias) e queda de desempenho.

3. Hidrate-se muito!!

Uma das dicas para correr mais importantes se refere a se hidratar antes, durante e depois de correr. Quando se trata de sol e calor, os cuidados e atenção devem ser dobrados. A desidratação reduz o volume do sangue, causa fadiga precoce e superaquecimento, entre outros efeitos negativos. Então, beba muita água! Mas atenção: o consumo deve ser periódico ao longo do dia. Consumos excessivos de uma só vez, além de não proporcionar a absorção plena,  pode sobrecarregar o uso dos rins.

Caso sua corrida for muito longa, bebidas isotônicas e repositoras de eletrólitos são uma ótima opção para ir intercalando com a água. Em casos de desidratação extrema, recorra a comprimidos de sal.

Mas atenção, uma boa hidratação não acontece só apenas no dia da corrida, se policie para que ela ocorra todos os dias, tomando, no mínimo, dois litros de água por dia.

4. Não se esqueça da alimentação

Em corridas longas, para garantir os níveis de glicose constantes, é imprescindível fazer o uso de suplementação. E nada de ingerir alimentos pesados, que podem prejudicar seu desempenho.

Alimentos de rápida absorção, como os em forma de gel, são recomendados e devem ser ingeridos após os primeiros trinta minutos de corrida. Outras opções como balinhas de carboidrato e alimentos orgânicos também fazem atualmente parte da alimentação do corredor, pois muitos acabam não conseguindo consumir apenas carboidratos em gel durante muito tempo.

5. Conheça os limites do seu corpo

Ninguém melhor do que você para conhecer bem o seu corpo e saber seus limites. Se atente a alguns sinais dele quando estiver correndo e, principalmente, saiba a hora de parar. Tontura e dores são importantes sinais da hora de parar. Quando isso acontecer, pare de correr, saia do sol, procure se refrescar e se hidratar.

Com nossas dicas para a prática de corrida no calor, você se dará muito bem e com certeza melhorará seu desempenho no treinamento de corrida. Fique sempre atento quando se trata desse assunto e aproveite todos os benefícios que a corrida traz.

Se você também gosta de correr ao ar livre e aprecia uma corrida no sol? Deixe seu comentário!

E conheça mais sobre a Pacefit Assessoria Esportiva