Falta de evolução. Desempenho estagnado. Aquela certeza que seu treino de corrida estagnou e não sai mais do lugar… são todos sentimentos (ou constatações) comuns por parte de quem corre há algum tempo. Principalmente se comparado ao período no qual começou a correr. 

Isso acontece porque, no início do treino de corrida ou de qualquer outra modalidade, seu corpo não está acostumando com aquele estímulo. Com certeza esse é um fator determinante para que sua evolução na corrida ocorra a passos acelerados. 

Porém, com o passar do tempo, aquela melhoria a olhos vistos vai dando lugar a resultados cada vez menores, podendo atingir até a falta de evolução total. Em resumo: seu treino de corrida estagnou. 

Mas para virar esse jogo e voltar ao caminho do melhor rendimento, preparamos 4 dicas para seu desempenho na corrida evoluir novamente. 

 

Correr mais nem sempre é a solução 

Uma das ações mais “instintivas” de um corredor quando não consegue melhorar, é correr mais. Muitas vezes correr todo dia. Mas você sabia que, ao invés de ser uma boa estratégia, isso pode agravar o problema e ainda piorar sua corrida?

Treinar corrida mais vezes pode ser uma alternativa interessante, desde que alinhado a uma boa alimentação e descanso. 

Agora, caso sua rotina seja de pouco sono e sem um controle nutricional, treinar de 2 a 3 vezes na semana, e tentar melhorar esses aspectos antes de inserir mais dias, pode ser uma estratégia muito mais efetiva. 

 

Fortalecimento muscular para corrida é fundamental 

Nem todo corredor gosta, mas não tem como fugir: realizar treinos de fortalecimento para corrida é fundamental na sua evolução. 

Com músculos mais fortes e potentes, você reduz o desgaste e consegue retardar a fadiga, promovendo treinos mais intensos ou mais longos, com maior facilidade. Além disso, sua recuperação é mais rápida, permitindo treinos de corrida com excelência, num curto espaço de tempo. 

Temos um e-book gratuito ( clique aqui para baixar) sobre o tema, com dicas e exercícios mais indicados para os corredores. 

 

Intensidade é mais importante que volume

Seu treino de corrida estagnou? Dificilmente ele sairá dessa condição se você se concentrar apenas em aumentar o tempo que você corre. 

Para continuar evoluindo, trabalhar variações em sua corrida é fundamental, desde treinos de subida até os temidos treinos de velocidade. Eles tiram seu corpo da zona de conforto. Isso permite que seu sistema cardiovascular se torne mais apto a suportar maiores velocidades. 

Muitos corredores gostam apenas de correr distância, sem variar treino. Mas acredite: variar seus tipos de treino de corrida garantem um corpo sempre em estado de adaptação e evolução. 

 

Quanto mais treinado, menos treinável

Não tem jeito: quando alcançamos um grande nível de performance na corrida, você precisará fazer muito mais esforço para obter menos resultado.

Por isso, se o seu pace na corrida, após uma dedicação grande, melhorou muito pouco em comparação ao seu início na corrida, não se preocupe. Isso realmente é normal.

Gostou das dicas para não deixar seu treino de corrida estagnar? Confira mais matérias em nosso blog