Tênis de corrida. Sem dúvida um dos temas mais polêmicos no mundo dos corredores. Desde que a corrida se tornou um esporte popular, o mercado já passou por diversas fases: a de quanto mais amortecimento, melhor. A fase dos tênis mais leves possíveis. Modelos que facilitavam a entrada com a parte da frente do pé, dentre outros. 

Todos eles ainda são muito utilizados no mercado, e cada corredor tem a sua preferência. Mas um modelo de tênis de corrida que vem ganhando cada vez mais adeptos é o tênis minimalista.

 

Afinal, o que é um tênis minimalista?

Esse modelo de calçado tem como objetivo principal promover um movimento mais natural da técnica de corrida. Isso porque sua estrutura promove pouco ou nenhum amortecimento, além de ser extremamente flexível. Essa característica permite maior mobilidade e liberdade de movimento. 

É importante frisar também que esse modelo de tênis não tem relação com o tipo de pisada do corredor, e sim a relação na transferência de força do solo para seu corpo durante a aterrissagem. Mas ainda falaremos mais detalhadamente sobre isso.

Além disso, um tênis minimalista precisa ser extremamente leve, com a sola do pé o mais próximo possível do chão. Isso evita uma “camada” de amortecimento muito espessa entre o pé e o chão. O motivo? Melhorar a entrada e saída do pé no solo, reduzindo o tempo de contato e melhorando a cadência da sua corrida.

 

O tênis minimalista previne lesões?  

Apesar de o objetivo principal ser muito claro e segundo as leis da física bem coerente, estudos atuais apontam que a utilização do tênis minimalista não garante um melhor movimento, nem uma maior performance do corredor.

Para praticantes acima do peso, ou que não tem uma postura na corrida bem desenvolvida, eles podem apresentar inclusive maiores problemas de lesões, já que ainda não estão com musculaturas nem articulações bem desenvolvidas para estabilizar o corpo e explorar melhor o movimento.

 

Quando devo experimentar um tênis minimalista?

Todo corredor pode utilizar um tênis minimalista para realizar seus treinos. Estudos mostram que a melhor técnica de movimento durante a corrida prevalece sobre o calçado utilizado quando falamos de impacto.

Porém, para que possa experimentar essa opção no momento certo, separamos os requisitos principais:

 

Não estar acima do peso – Como o tênis minimalista induz a uma estabilização ativa de seus músculos durante a corrida, as articulações de joelhos e principalmente tornozelos serão mais exigidos. Nesse cenário, estar acima do peso pode levar rapidamente a um processo inflamatório, caso seu corpo não consiga suportar as sessões de treino.

Por isso, estar no peso ideal pode fazer toda diferença na adaptação para esse tipo de calçado.

 

Tempo de prática – Sem dúvida um dos pontos mais importantes. O corredor mais experiente em geral tem uma técnica mais apurada. Isso ajuda muito na solicitação equilibrada dos músculos durante a corrida.

Dessa forma, qualquer teste e adaptação com um novo calçado tende a ser mais fácil. Como falamos anteriormente, a técnica predomina sobre o tipo de tênis no quesito impacto.

 

Boa técnica de corrida – Ter uma postura adequada na corrida ajuda muito numa adaptação para um tênis mais leve como o minimalista. Um dos principais objetivos desse tênis é proporcionar um movimento mais “natural”, melhorando sua técnica.

Ou seja: Caso já tenha uma técnica apurada, ela poderá ser otimizada.

 

Músculos fortes – Ter uma musculatura que permita absorver com maior eficiência o impacto da corrida é uma grande vantagem. Dessa forma, se ganha um maior tempo de adaptação, pois seu corpo sentirá menos o impacto de mudanças técnicas, que podem estar ocorrendo por conta do calçado.

 

Maior mobilidade – Músculos e articulações com maior mobilidade distribuem melhor a carga de impacto. Dessa forma, um tornozelo que precisaria ser mais ativado com o uso de um tênis minimalista , com o objetivo de suportar melhor a carga de impacto, conseguirá distribuir melhor a força.

 

E você, costuma usar tênis minimalista? Tem a intenção de começar a usar? Compartilhe com a gente!!